Igreja Wesleyana Barras PI

Informações sobre Igreja Wesleyana em Barras e região. Encontre aqui endereços e telefones de serviços e empresas em Barras, além de artigos sobre Igreja Wesleyana.

Paróquia Nossa Senhora da Conceição
(86) 3242-2018
Praça Senador Joaquim Pires Ferreira 108
Barras, Piauí
 
Diocese de Campo Maior
(86) 3241-1126
Rua Raimundo Brigido 282
Boa Hora, Piauí
 
Conselho Administrativo da Convenção Batista do Piauí e Mara
(86) 3221-2024
Rua Areolino de Abreu 1761
Teresina, Piauí
 
Comunidade Cristã Paz e Vida
(86) 3234-2333
Avenida João XXIII 1520
Teresina, Piauí
 
Igreja Menino Jesus de Praga
(86) 3212-1767
Avenida Brasil 322
Teresina, Piauí
 
Diocese de Campo Maior
(86) 3240-1136
Praça Emancipação
Cabeceiras do Piauí, Piauí
 
Primeira Igreja Batista
(89) 3422-1918
Rua Monsenhor Hipólito 583
Picos, Piauí
 
Igreja Universal do Reino de Deus
(89) 3422-1845
Praça Félix Pacheco 531
Picos, Piauí
 
Igreja Batista Memorial
(86) 3322-1880
Avenida Nossa Senhora de Fátima 2202
Parnaíba, Piauí
 
Paróquia de Santo Antônio Dec.maior
(86) 3252-1207
Praça Bona Primo 188
Campo Maior, Piauí
 

Igreja Wesleyana

Igreja Wesleyana Em um mudo no qual dia após dia perdemos a fé na humanidade, o que resta as pessoas é se agarrarem à fé entregando-se por inteiro a Deus. Acontece que entre os homens e Deus existem tantas instituições religiosas que é muito fácil ficar perdido em meio a suas diferentes ideologias. Neste contexto desponta a Igreja Metodista Wesleyana. Surgida da ruptura de alguns militantes da Igreja Metodista do Brasil com esta congregação, a Igreja Wesleyana surgiu em meados da década de 60, baseando-se e fundamenta-se nos ideais e crenças metodistas e promovendo um avivamento nestas mesmas bases. Um pouco sobre a Igreja Metodista WesleyanaFundada em Friburgo, no dia 5 de janeiro de 1967, as 14h em meio a Reunião da Ponte, assim batizada por ter sido realizada sobre uma ponte da Fundação Getulio Vargas, pelos pastores Waldemar Gomes de Figueiredo, Francisco Teodoro Batista, Gessé Teixeira de Carvalho, Idelmício Cabral dos Santos e José Moreira da Silva, os seguidores desta igreja pregam a santidade como estilo de vida. Com mais de 400 igrejas em todo o Brasil esta congregação esta também presente na Argentina, em Portugal, no Paraguai, na Noruega e na Alemanha. Basicamente a Igreja Metodista Wesleyana diferencia-se da Igreja Metodista do Brasil, pela aceitação do batismo como uma segunda benção àquele que crê, além do reconhecimento da obra pentecostal, ou seja, a aceitação da idéia de que o Espírito Santo realiza obras entre a humanidade através de sinais, tais como glossolalia, ou o dom de falar línguas estranhas, cura dos enfermos, milagres, visões, profecias e premonições. A nova igreja dispensa ainda a liturgia e os protocolos nos cultos, adotando cânticos e orações pelos enfermos promovendo assim o avivamento espiritual. A Igreja Weslyana tem por símbolo uma cruz, que está firmada no mundo e aponta para o céu, simbolizando a obra de redenção feita por Cristo e destino daquele que abraça sua obra, e um coração formado por chamas, alusão a idéia de purificação pelo Espírito Santo. A santidade como estilo de vida Surgida em um momento em que a Igreja Metodista do Brasil precisava se reestruturar diante do desafio da modernidade e da descrença, além da ameaça constante da rígida opressão imposta pela ditadura militar, a Igreja Metodista Wesleyana é hoje um refugio para seus devotos que pregam a santidade como estilo de vida. Os Wesleyanos afirmam ainda que para seguir esta opção de vida não é preciso enclausurar-se ou deixar de lado o convívio social, é necessário apenas morrer para o pecado e renascer para uma vida de glória e devoção a Deus e a sua obra. 0 Comments