Igreja Presbiteriana do Brasil Barras PI

Informações sobre Igreja Presbiteriana do Brasil em Barras e região. Encontre aqui endereços e telefones de serviços e empresas em Barras, além de artigos sobre Igreja Presbiteriana do Brasil.

Paróquia Nossa Senhora da Conceição
(86) 3242-2018
Praça Senador Joaquim Pires Ferreira 108
Barras, Piauí
 
Diocese de Campo Maior
(86) 3241-1126
Rua Raimundo Brigido 282
Boa Hora, Piauí
 
Igreja Batista do Bela Vista
(86) 3220-9959
Qd 15 - Cj Bela Vista c 19
Teresina, Piauí
 
Diocese de Parnaíba
(86) 3362-1019
Praça Matriz 127
Cocal, Piauí
 
Diocese de Parnaíba
(86) 3322-4665
Rua Desembargador Freitas 877
Parnaíba, Piauí
 
Diocese de Campo Maior
(86) 3240-1136
Praça Emancipação
Cabeceiras do Piauí, Piauí
 
Igreja Batista do Calvário
(86) 3235-9204
Rua Industrial José Camilo da Silveira 531
Teresina, Piauí
 
Igreja Evangélica Assembléia de Deus
(86) 3212-2814
Rua Benedito Leite 808
Teresina, Piauí
 
Paróquia São João Batista
(89) 3483-1177
Praça Honorio Santos 151
São João do Piauí, Piauí
 
Igreja do Evangelho Quadrangular
(86) 3363-1366
Rua Euripedes de Aguiar 335
Buriti dos Lopes, Piauí
 

Igreja Presbiteriana do Brasil

Igreja Presbiteriana do Brasil A Igreja Presbiteriana é uma das denominações religiosas mais antigas e que segue a doutrina do protestantismo renovado. Esta denominação surgiu em 1959, nos Estados Unidos, e foi concebida pelo missionário americano Ashbel Green Simonton. Aqui no Brasil, a Igreja chegou no mesmo ano, trazida pelo próprio missionário e depois de tantos anos, conta com quase um milhão de fiéis e dispõe de mais de cinco mil congregação espalhadas pelo Brasil. Veja a seguir mais informações sobre esta instituição religiosa e saiba onde encontrar a programação de cultos online. A Igreja Presbiteriana do Brasil DoutrinaA vinda do missionário que fundou a 1º Igreja Presbiteriana do Brasil foi uma contribuição inegável para toda a estória religiosa da instituição. Ashbel além de difundir inicialmente a doutrina pelo estado do Rio de Janeiro, foi responsável pela criação da primeira editora evangélica da época, que publicava o Jornal Evangélico. Outras iniciativas marcaram a atuação do missionário nos primeiros anos da Igreja Presbiteriana aqui no Brasil, como a formação do primeiro grupo de presbíteros no ano seguinte de fundação da igreja. E logo em seguida, realizou um dos primeiros Seminários Religiosos do segmento evangélico no país. A Igreja Presbiteriana Brasileira agrega várias outras igrejas que seguem a doutrina deixada pelo missionário e em algumas regiões são encontradas com outras denominações como Presbiteriana Renovada, Presbiteriana Independente, Presbiteriana Conservadora, Presbiteriana Fundamentalista e Presbiteriana Unida do Brasil. Os trabalhos da igreja vão além dos cultos a Deus, pois a instituição foi uma das precursoras na prática das Escolas Dominicais, onde seus seguidores podem se aprofundar nos ensinamentos contidos na Bíblia. Além disso, em alguns locais é possível se encontrar iniciativas sociais amparadas pela instituição como orfanatos, escolas, creches e ambulatórios. Seguindo o movimento presbiteriano calvinista, que foi precedido por João Calvino no século XVI, a instituição acredita que o culto deve ser somente a Deus, que é soberano, e que a salvação do ser humano é concedida com um dom gratuito àqueles que tem fé.Igreja Presbiteriana do Brasil Doutrina Rio de Janeiro Para conhecer mais detalhes e informações sobre esta instituição, acesse o portal nacional localizado no endereço: www.ipb.org.br. No site, você poderá saber mais sobre as doutrinas seguidas pela Igreja e também descobrir a congregação que está situada mais perto de você. Se quiser, também poderá verificar a programação de eventos realizados pela instituição, pedir orações online e ter acesso a uma grande quantidade de artigos e estudo bíblicos que edificarão sua vida. Uma outra novidade que pode ser conferida no site da igreja, é a “Bíblia Online SPP”, uma espécie de aplicativo totalmente interativo, que permite ao usuário consultar todo o conteúdo do Livro Sagrado na versão da Sociedade Bíblica do Brasil. 0 Comments