Empresas Terceirizadas Alagoa Grande PB

Informações sobre Empresas Terceirizadas em Alagoa Grande e região. Encontre aqui endereços e telefones de serviços e empresas em Alagoa Grande, além de artigos sobre Empresas Terceirizadas.

Edmilson de Souza Ramos
(83) 3341-3296
r Osvaldo Cruz, 267, Prata
Campina Grande, Paraíba

Dados Divulgados por
Serv Terce Serv de Terceirização e Contabilidade
(83) 3341-5885
r Venâncio Neiva, 100 s 202, Centro
Campina Grande, Paraíba

Dados Divulgados por
Atlantis Gestão e Desenvolvimento de Pessoas
(83) 3343-7072
r Miguel Couto, 185 s 101, Centro
Campina Grande, Paraíba

Dados Divulgados por
Kairos Prestadora Mão de Obra
(83) 3321-8339
r Jerônimo Gueiros, 112, Centro
Campina Grande, Paraíba

Dados Divulgados por
Ivanildo Queiroz Cabral
(83) 3058-2635
r Fernando Pereira, 237, Jeremias
Campina Grande, Paraíba

Dados Divulgados por
Asper Conservação e Limpeza Ltda -me
(83) 3341-3941
r Lino Gomes da Silva, 215, Sl 3, São José
Campina Grande, Paraíba

Dados Divulgados por
Gelre Trabalho Temporário S/A
8001-34311
r Miguel Couto, 185, An 2 Sl 201, Centro
Campina Grande, Paraíba

Dados Divulgados por
Orserv Organização de Serviços e Empregos Ltda
(83) 3341-1190
r Miguel Couto, 185 s 201,Centro
Campina Grande, Paraíba

Dados Divulgados por
Centro De Integração Emp Escola Cie
(83) 3341-2212
r João Mata, 487, Centro
Campina Grande, Paraíba

Dados Divulgados por
M de Miranda Representações Ltda
(83) 3341-2178
r Venâncio Neiva, 287 an 1 sl 106, Centro
Campina Grande, Paraíba

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Empresas Terceirizadas

Empresas Terceirizadas A compreensão dos impactos causados pela contratação de empresas terceirizadas para realização de alguns serviços para um Órgão estatal ou público deve ser foco de interesses não só dos profissionais que nela trabalham, mas também, deve ser compreendido por toda a população de um país. Nesse artigo iremos abordar o processo de terceirização em uma cultura organizacional da Petrobrás pelo país, bem como as percepções dos empregados regulares e os recém-contratados pelos empregados de uma firma de fornecedores. As Empresas Terceirizadas da Petrobrás A prática de terceirização de empresas como um processo ou uma técnica de gestão apareceu já na época da Segunda Guerra Mundial, quando algumas indústrias norte-americanas começaram a delegar determinadas atividades para prestadores de serviços. Com esta prática, essas empresas foram capazes de se concentrarem em seus principais objetivos de negócios, que eram o desenvolvimento de armamentos e produção. No Brasil, o processo de gestão em que algumas atividades são transferidas para uma terceira empresa, e uma relação de parceria é estabelecida, permitindo que a empresa se concentre em suas atividades centrais de negócios. Muitas vantagens têm sido relacionadas com a prática de terceirização, como o acesso a novos recursos tecnológicos e inovações, estimativas de melhores custos e acesso a pessoal qualificado. Por exemplo, a Unidade de Serviços Compartilhados da Petrobrás da Regional sul do Brasil foi uma alternativa para prover de serviços essenciais as atividades da Petrobras fornecidas a outras organizações empresariais, focando seus esforços nos serviços administrativos (pessoal, prestação de contas, e outros) e no apoio operacional (segurança, jardinagem,). Por outro lado, as empresas terceirizadas também foram contratadas para darem apoio às atividades que eram consideradas operacionais, dadas as dificuldades existentes nos novos contratos e demanda por novos funcionários. Esta situação gerou, no entanto, os conflitos e as mudanças na cultura organizacional da Petrobrás. Em relação ao movimento sindical, as alterações foram verificadas apenas no início do processo de companhias terceirizadas. Mas, ao longo do tempo, o Sindicato tem-se dedicado a incorporar os empregados da empresa fornecedora como filiados da sua organização.Contexto Externo que Facilitou o Processo de Terceirização da PetrobrásOs últimos dez anos foram caracterizados por uma redução de empregos públicos, indicando as políticas de privatização. Era consequência da nova política liberal adotada pelo governo brasileiro, em que as organizações privatizadas tiveram que lidar com os tempos difíceis da mudança administrativa e as organizações que não foram privatizadas teve de lidar com uma situação desfavorável para trabalhar. Este fato impediu que os organismos públicos pudessem começar novos processos de empregos e seleções. Esta situação obrigou a empresa a recorrer para a terceirização.Considerações FinaisA nova estratégia da Petrobrás em longo prazo é reverter o processo de companhias terceirizadas. Mas a questão tem sido tratada como uma ação corporativa, onde o processo está para ser revisto e analisado. O objetivo primordial do processo de terceirização foi substituir a tempo parcial os trabalhadores em períodos sazonais, quando a força de trabalho adicional foi necessária. A terceirização ajudou a Petrobrás a se concentrar em seu principal negócio, ao executar outras atividades como segurança e manutenção de áreas verdes. Os problemas começaram quando a terceirização foi usada para executar atividades permanentes, substituindo os funcionários de carreira. Apesar dos resultados satisfatórios, os problemas começaram depois de um tempo. Era impossível treinar todos os funcionários terceirizados ou permitir o acesso a sistemas informatizados específicos, que precisavam de senhas de funcionários. Atualmente, os funcionários terceirizados trabalham em todas as áreas administrativas e de apoio na Petrobrás.0 Comments