Contrato de Mutuo Alta Floresta MT

Informações sobre Contrato de Mutuo em Alta Floresta e região. Encontre aqui endereços e telefones de serviços e empresas em Alta Floresta, além de artigos sobre Contrato de Mutuo.

Aarão Lincole Sicuto
(66) 3521-3571
Avenida Ariosto Dariva Neto 2841 s 1
Alta Floresta, Mato Grosso
 
Daruich Hammoud
(66) 3521-2946
Avenida Ludovico da Riva Neto 822
Alta Floresta, Mato Grosso
 
Carlos Eduardo Marcatto Cirino
(66) 3521-6426
Avenida Ariosto Dariva Neto 2867
Alta Floresta, Mato Grosso
 
Atílio de Souza Borges
(66) 3525-1449
Avenida Tancredo de Almeida Neves 50
Carlinda, Mato Grosso
 
Celso Martin Spohr
(66) 3401-1788
Avenida Ministro João Alberto 12 s 6
Barra do Garças, Mato Grosso
 
Advocacia Nasser Sicuto
(66) 3521-4262
Rua U 2
Alta Floresta, Mato Grosso
 
Celso Reis de Oliveira
(66) 3521-3440
Avenida Ariosto Dariva Neto 2931 A
Alta Floresta, Mato Grosso
 
Advocacia Carlos R Leite
(66) 3521-4597
Rua C 135 s 6
Alta Floresta, Mato Grosso
 
Carla Maria Costa Botelho
(65) 3623-2592
Rua Tenente Thogo da Silva Pereira 367 D
Cuiabá, Mato Grosso
 
Advocacia Van Der Sand
(65) 3382-1545
Avenida Mato Grosso 900
Campo Novo do Parecis, Mato Grosso
 

Contrato de Mutuo

Contrato de Mutuo O contrato mútuo é aquele em que uma pessoa empresta para outra um bem fungível que mais tarde, ao findar do acordo, deverá ser entregue de volta com as mesmas qualidades que possuía quando foi emprestado. Não tendo que ser necessariamente o mesmo produto, fato este que diferencia o contrato mútuo do contrato de comodato. Neste caso o mutuário, aquele que recebe o bem, passar a ser dono do mesmo, comprometendo-se apenas a devolver mais tarde o objeto no mesmo valor, qualidade e quantidade que tinha o que ele usufruiu. Veja mais sobre o contrato de mútuo agora.Conheça Melhor O Contrado De Mutuo O contrato de mútuo é aquele em que duas partes entram em comum acordo sobre uma coisa que será emprestada de uma parte para a outra, o tempo de duração do contrato, bem como a data de devolução do produto em questão são estipulados e decididos pelas próprias partes. O que diferencia o contrato mútuo de contrato de comodato é que neste caso não é o mesmo objeto que foi emprestado que deverá ser devolvido, no contrato de mútuo o bem é fungível, ou seja, algo que se gasta, que se consome com o uso. Um exemplo de empréstimo fungível seria o de dinheiro, desde que não houvesse o acréscimo de juros, pois a esta modalidade dá-se o nome de Mútuo Feneratício, uma saca de feijão, um perfume e demais coisas do tipo.Veja Como Funciona O Contrato De Mutuo Neste tipo de contrato o mutuante, que é quem empresta o bem, transfere ao mutuário a propriedade do bem em questão, a partir daí todo o tipo de consequência que o bem possa passar a gerar fica sendo responsabilidade do mutuário. Sendo que legalmente este contrato se enquadra como sendo unilateral, uma vez que as maiores responsabilidades acarretadas pelo mesmo ficam apenas com uma das partes, que neste caso é quem recebe o produto. Outra responsabilidade clara do mutuário é a de devolver o produto ao mutuante após vencido o tempo do contrato.Saiba Mais Sobre O Contrato De MutuoA devolução do produto deve ser feita logo que vencido o contrato mútuo, uma questão importante a ser observada é que apesar de não se tratar exatamente do mesmo produto que foi emprestado, o mesmo deve ser devolvido com as mesmas qualidades, quantidades e no mesmo valor que possuía o produto que foi emprestado. Sendo que não pode ser devolvido no lugar do objeto um outro com o mesmo valor, mesmo porque aí não seria um contrato mútuo e sim uma troca comum e nem se deve devolver ao mutuante o valor em dinheiro, pois aí se caracterizaria uma venda. Este tipo de acordo também está previsto por Lei no art. 586, maiores dúvidas sobre o mesmo podem ser retiradas em livros e informativos de direito que você encontra facilmente no site do Submarino.0 Comments