Assistencia Social Alta Floresta MT

Informações sobre Assistencia Social em Alta Floresta e região. Encontre aqui endereços e telefones de serviços e empresas em Alta Floresta, além de artigos sobre Assistencia Social.

Apae - Associação de Pais e Amigos Excepcionais
(66) 3521-2130
Rua C 4
Alta Floresta, Mato Grosso
 
Associação Fraterna Benedita Fernandes
(66) 3521-8757
Avenida Perimetral Romoaldo Júnior 1150
Alta Floresta, Mato Grosso
 
Associação Espírita Luz No Araguaia
(66) 3401-1806
Rua Ipê 630
Barra do Garças, Mato Grosso
 
Associação Fraterna Benedita Fernandes
(66) 3521-8757
Avenida Perimetral Romoaldo Júnior 1150
Alta Floresta, Mato Grosso
 
Apae - Associação de Pais e Amigos Excepcionais
(65) 3308-1032
Rua das Primaveras 718 N
Nova Mutum, Mato Grosso
 
Associação dos Moradores da Cidade Alta
(66) 3521-7809
Avenida Amazonas 11
Alta Floresta, Mato Grosso
 
Apae - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais
(66) 3525-1620
Rua Maravilha
Carlinda, Mato Grosso
 
Pastoral do Menor
(66) 3431-1349
Avenida Marechal Rondon 779
Guiratinga, Mato Grosso
 
Obras Sociais Meimei
(65) 3626-3756
Rua Governador Fernando Correa 270
Cuiabá, Mato Grosso
 
Sobev - Sociedade Beneficiente Escolar de Várzea Grande
(65) 3682-5930
Rua João Líbano 12
Várzea Grande, Mato Grosso
 

Assistencia Social

Assistencia Social A conscientização dos governos e da população em geral evoluiu muito no Brasil nas últimas décadas. Devido a vários projetos de grupos políticos e organizações não governamentais foi possível esclarecer aos responsáveis por criar leis a importância que a assistência social tem para um país próspero. Continue a leitura para aprender mais sobre o assunto.Conceito Antigamente, se acreditava que o papel da assistência social era de fiscalizar as famílias e decidir quais indivíduos mereciam um pouco de caridade. As pessoas davam muita importância a caridade como palavra, mas não faziam nada para mudar a situação das famílias que viviam na pobreza, como se algumas migalhas fossem suficientes para aplacar a fome dos menos favorecidos. Felizmente, este conceito mudou, hoje em dia os governantes já conseguem perceber que não adianta apenas dar pão e vinho a população carente e deixar o país como está. É preciso criar políticas de acesso aos recursos e facilitar na distribuição de renda, mas é preciso oferecer os meios para que essas pessoas possam evoluir na escala social e para que não precisem mais da assistência social. Ou seja, em vez de utilizar a pobreza como um mecanismo de controle, é preciso ajudar a erradicar a pobreza no Brasil.A Importância dos Programas SociaisConforme a percepção sobre a importância de políticas de combate a pobreza aumentou, começaram a surgir novos programas sociais que visavam atender as necessidades da população de baixa renda. Um dos programas mais importantes, até mesmo devido a sua amplitude foi o Bolsa Família, que hoje atende a milhões de brasileiros. Além disso, foram criados programas como o PETI (programa de erradicação do trabalho infantil) que fez uma grande diferença na vida de milhões de crianças, pois essas crianças eram forçadas a trabalhar.O Futuro Talvez motivados pelo próprio crescimento da economia brasileira, grande parte dos governantes entendeu que um país próspero é um país onde não existe pobreza, pois se a renda não for distribuída de uma forma mais igualitária, será impossível criar um país mais justo, no qual jovens tenham oportunidade de estudar e de melhorar sua condição de vida como um todo. Conforme a população tem mais acesso a recursos básicos, a educação com mais qualidade, a livros e a própria internet, a exigência das gerações futuras quanto a qualidade de vida irá aumentar e o papel da assistência social será estar presente para ajudar a esses jovens do futuro para que possam conquistar seus sonhos. Caso você queira conhecer mais sobre a política de Assistência Social no Brasil, acesse o site da Saraiva e aproveite os melhores descontos em livros de história.0 Comments